Buscar

Instituto Internacional da Ideia Juche organiza seminário em homenagem a Kim Il Sung




Em um clima de confraternização, foi realizado nos dias 10 e 16 de abril, um seminário virtual em homenagem aos 110 anos de nascimento do grande camarada Kim Il Sung, organizado pelo Instituto Internacional da Ideia Juche (IIIJ).


Presidida pelo camarada Ramon Jimenes Lopez, Diretor Geral do IIIJ, a reunião teve a participação da Associação Coreana de Cientistas Sociais, que desde Pyongyang, congratulou os participantes do evento e fez o discurso de abertura pelo seu primeiro vice-presidente, o camarada Sim Sung Gon. Além disso, participaram do evento o Secretário-geral do IIIJ, Ogami Ken-ichi, e o diretor do IIIJ Kamakura Takao, além de participantes de mais de 70 países.


O Brasil foi representado nos discursos pelos camaradas Lucas Rubio, diretor do Centro de Estudos da Política Songun, e pelo camarada Gabriel Martinez, presidente do Centro de Estudos da Ideia Juche.


O primeiro a falar - ainda no dia 10 - foi o camarada Lucas Rubio, que proferiu um discurso na qual exaltou a vida e a obra do grande camarada Kim Il Sung, tanto na luta revolucionaria pela independência da Coreia, quanto posteriormente, na resistência aos ataques que o imperialismo norte-americano promoveu e ainda promove contra o país; segundo Rubio, os coreanos só puderam resistir a esses ataques do imperialismo graças a vitalidade de seu sistema político socialista e a doutrina revolucionária do Juche, criada pelo camarada Kim Il Sung e continuada pelos grandes camaradas Kim Jong Il e pelo atual líder Kim Jong Un.


No dia 16, o camarada Gabriel Martinez proferiu o discurso em nome do Centro de Estudos da Ideia Juche do Brasil, onde destacou os logros ideo-teóricos da Ideia Juche, ideologia criada pelo camarada Kim Il Sung, que inicialmente desenvolveu a teoria do marxismo-leninismo levando em consideração a realidade concreta da Coreia e as condições objetivas de seu país; de acordo com Martinez, o camarada Kim Il Sung não apenas adaptou a teoria marxista para as reais necessidades do povo coreano, mas estabeleceu uma nova ideologia política, centrada no ser humano, que tem como principal objetivo conquistar a completa independência da humanidade. Ainda segundo Martinez, o socialismo coreano pôde ser construído se apoiando firmemente junto as massas populares, mostrando sua vitalidade e superioridade mesmo diante das adversidades provocadas pelo cerco imperialista. Mesmo em meio a uma situação complexa, a RPDC continua resistindo, aplicando e defendendo a Ideia Juche, agora sob a liderança do grande camarada Kim Jong Un.


Diversos outros discursos seguiram nestes dois dias de grande aprendizado e confraternização internacional. O encontro virtual mostra como a Ideia Juche inspira cada vez mais os povos progressistas do mundo, rumo a independência dos povos e pela construção do socialismo.


O seminário foi encerrado com um discurso do camarada Sim Sung Gon, da Associação Coreana de Cientistas Sociais.