top of page
Buscar

Kim Il Sung sobre a amizade internacionalista entre o povo coreano e chinês

Atualizado: 21 de mar. de 2021



Coréia e China são dois países vizinhos cujas montanhas e rios fazem fronteira entre si, e os povos coreano e chinês são camaradas de luta e irmãos de classe que há muito compartilham suas alegrias e tristezas, unindo seus destinos em um no curso das árduas lutas pela libertação nacional, emancipação de classe, revolução socialista e construção socialista. Nessas lutas pela causa comum, os povos dos dois países têm cooperado estreitamente e apoiado um ao outro, sempre compartilhando suas alegrias e tristezas.


A história da amizade coreano-chinesa é um exemplo vivo de internacionalismo proletário e é um exemplo brilhante de sua longa tradição e de muitos eventos inesquecíveis e impressionantes. Nada pode romper a grande amizade entre os povos dos dois países, que foi selada com sangue no calor da árdua batalha revolucionária e que superou todas as provações da história. Estimamos esta amizade ao mais alto grau.

Esforçar-nos-emos zelosamente para promover a amizade entre os partidos e os povos de nossos dois países, que estão unidos por laços de classe e afeição, em todas as esferas - política, econômica e cultural - sem qualquer tipo de vacilo. Sob a bandeira da independência contra o imperialismo e o internacionalismo proletário, estaremos sempre lado a lado com o Partido Comunista e o povo da China no caminho da batalha pela vitória da causa comum do socialismo e do comunismo. A amizade entre as partes e os povos da Coréia e da China nunca terminará como o fluxo do rio Amnok e será eternamente exuberante como os pinheiros verdes da cordilheira do Changbai.


Trecho retirado de "Resposta às Perguntas da Delegação da Agência Xinhua", 23 de abril de 1981

Comentários


bottom of page