top of page
Buscar

Hardial Bains: O Socialismo Vive no Presente e no Futuro da Humanidade!

Atualizado: há 4 dias




Em abril de 1992, visando reaglutinar o movimento comunista e anti-imperialista internacional, envolto em grave crise devido ao desaparecimento da União Soviética e dos países socialistas do Leste Europeu, o Partido do Trabalho da Coreia convocou diversas delegações representantes de partidos operários, comunistas e socialistas para uma reunião em Pyongyang que publicou o documento "Defendamos e Avancemos a Causa do Socialismo". Também conhecido como "Declaração de Pyongyang", este foi o primeiro documento conjunto assinado por organizações comunistas e revolucionárias no período pós-soviético, sendo um marco para a reorganização e rearticulação do Movimento Comunista Internacional. Em 1997, visando comemorar o quinto aniversário da Declaração, o PTC convocou um ato de massas em Pyongyang, que também contou com a participação de diversas delegações internacionais. Compartilhamos com nossos leitores a importante intervenção de Hardial Bains, líder fundador do Partido Comunista do Canadá (Marxista-Leninista), feita no ato realizado em Pyongyang.



CENTRO DE ESTUDOS DA IDEIA JUCHE - BRASIL



O Socialismo Vive no Presente e no Futuro da Humanidade!



Hardial Bains



Discurso proferido por Hardial Bains, fundador e líder do CPC(M-L), em uma reunião de massa em Pyongyang em abril de 1997, por ocasião do 85º aniversário do nascimento do camarada Kim Il Sung e do quinto aniversário da Declaração de Pyongyang, que convoca partidos comunistas em todo o mundo a defender e avançar a causa do socialismo.


Cidadãos de Pyongyang, distintos líderes do Partido do Trabalho da Coreia, outros convidados distintos das delegações partidárias e organizações de amizade e solidariedade:


Nesta ocasião solene do quinto aniversário da Declaração de Pyongyang, trago-lhes os melhores votos e envio ardentes saudações revolucionárias ao querido líder do povo coreano, camarada Kim Jong Il.


Em nome da delegação do Partido Comunista do Canadá (Marxista-Leninista), outras delegações partidárias e organizações de amizade e solidariedade presentes neste comício, expresso agradecimentos ao querido líder do povo coreano, camarada Kim Jong Il, e ao Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia pelo convite para participar da comemoração do 85º aniversário do grande líder camarada Kim Il Sung, e pela maravilhosa organização deste Comício de Massa em Pyongyang celebrando o quinto aniversário da histórica Declaração de Pyongyang.


Hoje, nos países capitalistas, especialmente nos antigos países socialistas onde o capitalismo foi imposto de cima, prevalece um amplo caos econômico, político, cultural e social, com consequências trágicas para a classe trabalhadora e outros trabalhadores. A promessa do imperialismo, da burguesia mundial e da reação e seus subalternos de que a "reforma" com base em uma "economia de mercado livre", "sistema multipartidário" e "direitos humanos" traria prosperidade, provou ser realmente vazia.


A sociedade que defende os "valores da democracia de mercado livre" é baseada no liberalismo do século XIX e na construção de impérios. Seu sistema político nunca foi democrático para as massas trabalhadoras e nunca será. Não convenceu ninguém de que o sistema capitalista-imperialista mundial é a onda do presente, muito menos do futuro. A falência dessas reivindicações é tal que os países capitalistas avançados estão retirando a noção de sociedade em si e de saúde pública, educação e bem-estar social, e seu sistema político de democracia não representativa tornou-se mais arbitrário, marginalizando o povo da governança como nunca antes. Tudo aponta para seu caráter anacrônico como um sistema político que é inconsistente com as aspirações do povo e está maduro para ser derrubado.


Dentro dessas condições de crise crescente e espalhamento da desordem no mundo capitalista e nos antigos países socialistas, os imperialistas, a burguesia mundial e a reação e seus subalternos continuam sua ofensiva anti-comunista e anti-social mais vil, tentando convencer o mundo de que não há mais estágio no desenvolvimento da sociedade humana. Com medo mortal de que cada vez mais a classe trabalhadora e outros trabalhadores vejam através de sua fraude de "democracia" e "sociedade livre", eles continuam a realizar provocações contra aqueles países, como a RPDC, Cuba e outros, que estão perseguindo seu curso independente. As disputas inter-imperialistas pelos despojos da contra-revolução estão aumentando. Isso traz à tona, mais uma vez, a verdade de que, enquanto o imperialismo existir, haverá perigo de guerras inter-imperialistas e injustas, convocando a luta dos povos para acabar com o imperialismo e a reação e tomar seu destino em suas próprias mãos.


Dentro dessas condições de desenvolvimento mundial, camaradas, nos reunimos aqui para celebrar o quinto aniversário da Declaração de Pyongyang, assinada há cinco anos em abril de 1992 por mais de 70 delegações de partidos comunistas e operários em visita a Pyongyang para celebrar o 80º aniversário do grande líder, camarada Kim Il Sung. Esta declaração é agora assinada por 235 partidos políticos e organizações progressistas. O conteúdo principal da Declaração de Pyongyang, de que o socialismo permanece o presente e o futuro da humanidade e que todos os partidos com a causa do socialismo e do comunismo devem trabalhar e cooperar entre si, foi ainda mais validado. A crença de que os reveses para a causa socialista são temporários foi fortalecida e a confusão ideológica sobre o caráter da contra-revolução foi dissipada.

Camaradas, em nome do Partido Comunista do Canadá (Marxista-Leninista) e de todas as delegações partidárias e organizações de amizade e solidariedade presentes neste importante comício, aplaudo a sabedoria visionária do grande líder do povo coreano, camarada Kim Il Sung, por sediar e facilitar a elaboração da Declaração de Pyongyang em 1992, bem no meio da maior ofensiva anti-comunista e anti-social, dando a essa ofensiva uma resposta adequada.


Camaradas, chega um momento em que todos os desenvolvimentos apontam para a necessidade de uma renovação profunda, a necessidade de começar de novo. Estamos passando por um momento tão definidor. O mundo inteiro precisa de renovação, mas o que está sendo oferecido é retrocesso. O futuro da humanidade não está nas mãos dos imperialistas. Está com aqueles que estão lutando para abrir a porta para o progresso de todo o mundo. Nesse sentido, o internacionalismo do PTC e seu grande líder, camarada Kim Il Sung, são exemplares, pois ligaram o destino da Coreia ao destino de toda a humanidade. Com sua luta resoluta contra o imperialismo e a reação, pela independência e socialismo e a reunificação da pátria, o povo coreano, unido como um com seu Partido e líder, camarada Kim Jong Il, continua a ser combatente de linha de frente pela emancipação de toda a humanidade, como fez no passado. Os imperialistas dos EUA e seus fantoches devem lembrar que foram derrotados pelo povo coreano, com sua luta indomável e vontade de resistir e lutar, provando que qualquer inimigo, por mais poderoso e hitlerista que seja, pode ser derrotado. O imperialismo dos EUA, o imperialismo mais arrogante, encontrou sua derrota na Coreia; não pôde voltar para casa vitorioso. Pelo contrário, ficou irremediavelmente preso.


É mérito e glória do povo coreano, sua unidade com seu Partido e líder e a qualidade da liderança do camarada Kim Il Sung que o imperialismo dos EUA foi contido. Em breve, será compelido a deixar a Península Coreana, para nunca mais voltar. Tal vitória significará o início do fim do imperialismo e da velha ordem mundial. Essa vitória é inevitável; é a tendência da história.


Estamos confiantes de que o povo coreano, unido com seu Partido e líder, camarada Kim Jong Il, seguindo as ordens do camarada Kim Il Sung, fará acontecer; Camaradas, prometemos nosso total apoio à sua causa, que é a causa de toda a humanidade em luta para abrir a porta para a paz, progresso e emancipação de toda a humanidade.

Para concluir, camaradas, permitam-me juntar-me a vocês para comemorar o 85º aniversário do nascimento do camarada Kim Il Sung. Seu nome e trabalho sempre terão um lugar de honra, não apenas na marcha progressiva da RPDC, mas na marcha progressiva de todo o mundo. Sua imortalidade, nesse sentido, foi garantida, em seus feitos, nos feitos do PTC e da RPDC, que são inseparáveis de seus próprios feitos, e nos feitos de todo o mundo progressista.


Expressamos grande alegria e felicidade que o povo coreano tenha um líder à altura do camarada Kim Jong Il, que continuará seu legado. Nesse sentido, o trabalho do camarada Kim Jong Il, "As Lições Históricas da Construção do Socialismo e a Linha Geral de Nosso Partido" e outros trabalhos em que ele indica claramente que, embora o socialismo possa sofrer reviravoltas no curso de seu desenvolvimento, é o futuro da humanidade, e é a lei do desenvolvimento histórico que a humanidade avance para o socialismo, são uma inspiração para todos que lutam pelo socialismo. Desejamos ao querido líder do povo coreano, camarada Kim Jong Il, boa saúde e uma longa vida.


Camaradas, assim como no século XX os comunistas estiveram na vanguarda de todas as lutas da classe trabalhadora e do povo, também será o caso no século XXI. O século XXI será o século do triunfo da revolução e do socialismo para o qual o século XX fez a preparação inicial. Que todos os comunistas, todos os progressistas, todos os povos amantes da justiça e da paz do mundo se preparem para o dia em que a sociedade humana celebrará seu triunfo sobre todo tipo de exploração, dominação e barbárie.


O socialismo é o presente e o futuro da humanidade; Ele triunfará! A brilhante bandeira vermelha da revolução socialista prevalecerá!


Viva o Partido do Trabalho da Coreia!


Viva a Unidade e Amizade Entre Todas as Organizações Comunistas e de Luta e Povos do Mundo!


Viva o Quinto Aniversário da Declaração de Pyongyang!


Trabalhadores do Mundo, Uni-vos!


Comments


bottom of page