Buscar

Mensagem de Kim Jong Un ao XXV Congresso da Chongryon



Pyongyang, 28 de maio (ACNC) -- O estimado camarada Kim Jong Un enviou, no dia 28, aos participantes do ⅩⅩⅤ Congresso Integral da Chongryon uma mensagem intitulada “Abramos uma nova era de prosperidade da Chongryon com a força ilimitada das massas de compatriotas de todos os estratos sociais”.


Seu texto integral segue:


Para mim é um motivo de grande alegria que o ⅩⅩⅤ Congresso Integral da Associação Geral de Coreanos no Japão (Chongryon) se celebre em um ano significativo em que festejamos solenemente como grandes eventos revolucionários e maiores festivais políticos o 110º aniversário do grande Líder Kim Il Sung e o 80º do grande Dirigente Kim Jong Il.


Por ocasião desse magno evento efetuado num momento dinâmico em que se manifestam para todo o mundo a dignidade e o poderio inesgotável da Coreia do Juche despertando grande atenção e expectativas dentro e fora do país, faço chegar as mais calorosas felicitações e efusivas saudações aos participantes do evento e os demais funcionários da Chongryon e compatriotas no Japão em reflexo da vontade de Kim Il Sung e Kim Jong Il.


É realmente importante o lugar que ocupa o Congresso Integral, órgão máximo de decisão da Associação, no fortalecimento desta prestigiosa organização de cidadãos no exterior e no desenvolvimento do movimento dos coreanos no Japão a uma contínua ascensão.


Um olhar retrospectivo nos permite perceber que o longo trajeto que começou no dia da fundação da Associação, quando o movimento dos coreanos no Japão enraizado no Paektu, monte sagrado da revolução, se colocou com segurança na órbita do Juche, e que continua até hoje, tem registrados com orgulho os congressos integrais que marcaram a continuação, a inovação, o avanço e o salto.


Cada vez que aconteciam esses eventos, os grandes Líderes, o fundador e ambos seus construtores, enviaram-lhe mensagens de felicitações carregadas de amor para iluminar o caminho a seguir pelo movimento dos coreanos no Japão e abençoar-lhes seu futuro feliz.


Em total resposta à sua ideia e direção jucheanas sobre o movimento dos compatriotas no estrangeiro, os funcionários da Associação e outros compatriotas no Japão escalaram um grande monte a favor do país e da nação por ocasião de cada um dos congressos integrais, superando com sagacidade as duras provas em terras estrangeiras.


Toda a história da Associação e do movimento dos coreanos no Japão tem sido uma contínua caminhada penosa para atravessar trechos íngremes e dificuldades, mas os últimos quatro anos desde o ⅩⅩⅣ Congresso Integral foram um período de severas dificuldades em que todos os nossos compatriotas tiveram que sofrer excessivamente devido à escalada das manobras das forças hostis contra nossa República e a Chongryon e à expansão da pandemia de alcance mundial.


No entanto, nessas difíceis situações em que se multiplicavam as indizíveis vicissitudes, os funcionários da Chongryon e outros compatriotas no Japão atuaram ao compasso da Pátria socialista e exclamaram em voz alta os aplausos de triunfo em todos os setores em um afã de abrir uma nova era de florescimento de seu movimento.


O nobre mundo espiritual dos compatriotas no Japão, que demonstraram sua fervorosa sinceridade perante a pátria e a nação com inequívoca demonstração de suas qualidades intrínsecas, apesar de persistirem as circunstâncias adversas ocasionadas pela interrupção de suas viagens à pátria, deu um grande alento aos da Pátria, permitindo-lhes experimentar com maior ardor o grande valor da Chongryon, legado patriótico do grande Líder e do grande General.


Rendo minha sincera homenagem aos camaradas Han Tok Su, Ri Jin Gyu, So Man Sul e Ri Kye Baek e outros dirigentes da Associação e aos compatriotas conhecidos e anônimos de sua primeira geração que de bom grado entregaram toda sua valiosa existência em prol da reunificação e do progresso da Pátria e do avanço vitorioso do movimento dos coreanos no Japão.


De igual forma, agradeço de coração a todos os funcionários da Chongryon e compatriotas no Japão que superam com perseverança todas as dificuldades em terras estrangeiras confiando seu destino à pátria socialista e incrustam como joia sua imaculada consciência e sentido do dever no sagrado empenho de abrir uma nova era de prosperidade de seu movimento, sem esperar em troca nenhuma honra ou retribuição.


Aproveito esta oportunidade para estender, em nome do Partido do Trabalho da Coreia, do Governo da República e em meu próprio, meus sinceros agradecimentos a personalidades honradas do Japão, aos povos amantes da paz e aos diplomatas de diferentes países que dão o apoio incondicional às justas atividades da Associação e dos compatriotas no Japão.


O movimento destes últimos deu saltos gigantescos em sua luta da última década para uma nova etapa de florescimento e deixou para trás a fase de preservação e manutenção para entrar em outra de desenvolvimento integral em que avança a uma altura mais alta.


Efetuado em tal conjuntura, o presente congresso será um evento de grande significação para acelerar o avanço dos patriotas empenhados em realizar o grande sonho e ideal da construção de uma Chongryon mais poderosa.


Na atualidade, sua tarefa fundamental é unir as forças das massas de compatriotas de diferentes estratos sociais e abrir com maior entusiasmo a nova era de prosperidade do movimento dos coreanos no Japão e da Associação.


A força inesgotável dos compatriotas, unidos monoliticamente com uma grande ideia e afeto consanguíneo, assegura para sempre o triunfo da Chongryon e do movimento dos coreanos no Japão.


É uma verdade inabalável comprovada por sua história e também pelo balanço orgulhoso dos trabalhos da Chongryon em seu vigésimo quarto período.


À Chongryon incumbe abrir vitoriosamente sua nova era de prosperidade tomando como motor único a força infinita das amplas massas de compatriotas que professam um ardente amor à pátria.


A primeira tarefa da Chongryon é canalizar e coordenar todas as suas atividades consistentemente com o princípio da primazia dos compatriotas.


Esta é uma ideia que aplica a grande ideia Juche e a primazia das massas populares à prática do movimento dos coreanos no Japão.


A Chongryon, regida pela ideia Juche, deve necessariamente ser uma agrupação que priorize os compatriotas e levante a palavra de ordem de sua primazia.


Às suas organizações, órgãos e entidades econômicas em todos os níveis corresponde assumir em todo momento como principal a luta para defender e ampliar sua independência e seus direitos de existência e desenvolvimento, em sua qualidade de advogados dos direitos e interesses democráticos e nacionais dos compatriotas.


Estes últimos, incluindo os funcionários da Chongryon, devem promover ainda mais a defesa dos direitos à educação, ao empreendimento e à vida, sem jamais esquecer o desejo de sua primeira geração que derramou sangue e suor para criar as organizações da Associação e defendeu à custa da vida os centros de ensino dos filhos dos compatriotas.


Às organizações e órgãos da Chongryon a todas as instâncias cabe proceder de maneira categórica na defesa de seus direitos, tomando-a como assunto de capital importância para preservar as conquistas de amor à pátria e à nação e estender o movimento de massas para defender os interesses dos compatriotas.

Cabe-lhes também intensificar a luta para revogar as injustas medidas de sanção das autoridades japonesas que impedem a viagem à pátria dos compatriotas, entre eles os deputados à Assembleia Popular Suprema da República.


O Governo da nossa República continuará tomando medidas estatais estritas destinadas a assegurar os interesses e os direitos democráticos nacionais dos compatriotas no Japão, em conformidade com a lei correspondente, e adotará de maneira pormenorizada as medidas especiais tendentes a garantir a sua independência e os seus direitos à existência e ao desenvolvimento.


Às suas organizações, órgãos e entidades econômicas a todos os níveis compete dedicar-se por inteiro às atividades de serviço e beneficência consagradas a oferecer maior comodidade aos compatriotas, transmitindo-lhes o fervoroso amor consanguíneo.


É meu mais sincero desejo destinar os colossais bens do país ao bem-estar de nossos inestimáveis compatriotas no Japão, assim como os grandes Líderes que não os esqueceram nem por um instante e lhes deram profundas amostras de amor e carinho.


À Chongryon compete priorizar e absolutizar as exigências, os interesses e o conforto dos compatriotas em todos os seus trabalhos e atividades e ser perseverante na aproximação dos serviços e da beneficência à sua vida para, desta forma, elevar o grau da confiança nela e fomentar o apoio das massas.


É necessário pôr em pleno funcionamento os consultórios sobre a vida dos compatriotas e atender com sinceridade seus problemas como os relativos ao matrimônio, ao emprego, à velhice e à deficiência.


Deve ir mais fundo e mais frequentemente entre os compatriotas quanto mais difíceis forem os tempos, de modo que reinem na comunidade de compatriotas os belos traços de ajudar uns aos outros, mostrando ternura e sentimento humano.


A Chongryon deve dar o seu melhor para zelar pela vida e saúde dos coreanos residentes no Japão.


No Japão, onde ocorrem frequentemente terremotos, tsunamis e tufões, não há trabalho mais urgente e importante do que proteger a vida, a saúde e o lar de nossos compatriotas.


Deve estudar e tomar de forma global as medidas referentes à resistência a terremotos de diversos estabelecimentos públicos, escolas e habitações dos coreanos, preocupar-se mais com os residentes em regiões com frequentes calamidades naturais e prestar atenção especial para que nenhum deles sofra um infortúnio.


As medidas preventivas e os esforços abnegados da Chongryon contribuíram para minimizar os danos da comunidade de compatriotas pela pandemia, mas isso não pode ser motivo de vanglória e negligência. Devem seguir colocando um grande empenho na integridade física e na vida dos compatriotas de modo que todos se mantenham sãos e salvos.


A segunda tarefa da Chongryon é desenvolver a educação democrática nacional como uma tarefa que se responsabilize pelo futuro do movimento dos coreanos residentes no Japão e uma tarefa em que os pais possam confiar tranquilamente aos seus filhos.


A educação democrática nacional é a linha de vida da Chongryon e seu movimento e um empreendimento patriótico de longo alcance que decide a existência e o futuro da comunidade coreana no Japão.


Portanto, a mencionada educação deve se concentrar em dar aos alunos uma concepção correta de seu líder, sua pátria e sua nação.


Para este fim, devem se empenhar fundamentalmente em converter as fileiras de educadores em um destacamento de elite de revolucionários profissionais que se encarreguem do futuro da causa patriótica dos coreanos residentes no Japão.


A União de Professores e Trabalhadores Coreanos das Escolas no Japão deve orientá-los e ajudá-los substancialmente, concentrando-se em equipar firmemente todos eles com a orientação sobre a revolução educacional no novo século e elevar suas qualificações e capacidade como pedagogos.


Particularmente orgulhosos e bem conscientes de sua missão como responsáveis pelo futuro do movimento dos coreanos residentes no Japão, os educadores se colocarão à frente da tarefa de abrir uma era de florescimento da educação nacional.


Devem estabelecer firmemente o Juche neste ensino e renovar incessantemente o conteúdo e método didáticos de acordo com a tendência mundial do ensino.


As escolas de todos os níveis, priorizando com segurança a educação político-ideológica e a relativa à nacionalidade, devem melhorar o conteúdo do ensino no sentido de dar aos compatriotas os conhecimentos e tecnologias necessários em seu trabalho e vida.

Inventarão de modo ativo e possuirão em comum novas metodologias didáticas e diversos métodos de educação extraescolar, de acordo com as características psicológicas correspondentes à idade dos alunos.


Aumentarão decisivamente o número de alunos nas escolas de todos os níveis da Chongryon.


Todas as organizações trabalharão com responsabilidade na matrícula de alunos e na direção de sua entrada na Universidade Coreana e, ao mesmo tempo, prestarão profunda atenção ao aumento do número de crianças do jardim de infância e à colocação em funcionamento e ampliação da rede de ensino semi-regular.


A Associação da Educação dos Coreanos Residentes no Japão, assim como organizações, órgãos e entidades econômicas a todas as instâncias, conscientes da importância da dignidade nacional, trabalharão incansavelmente para assegurar aos filhos dos compatriotas condições e ambientes educacionais invejáveis.


Não só a associação de pais e a de mães, mas também todas as outras organizações da Chongryon colocarão a educação nacional no primeiro lugar dos afazeres patrióticos e desenvolverão invariavelmente o movimento de amar e ajudar as escolas, de maneira que se manifestem sem reservas a justeza e vitalidade desse ensino.


Em particular, devem melhorar o trabalho da Universidade Coreana.


Estamos falando do centro máximo da educação democrática nacional estabelecido pelo grande Líder Kim Il Sung e valorizado como a melhor de todas as joias pelo grande Dirigente Kim Jong Il, e da única universidade no mundo para os compatriotas no exterior.


A Universidade formará excelentemente muitos mais pilares competentes que se encarregarão do futuro da causa patriótica da Chongryon, garantindo durante séculos a continuidade do movimento dos coreanos no Japão.


Onde quer que trabalhem, os funcionários da Chongryon e outros coreanos residentes no Japão guardarão sempre esse centro docente no fundo do coração e apoiarão material, espiritualmente e de modo ativo a formação de reservas da Chongryon.


A terceira tarefa da Chongryon é levantar um forte vento por manter a nacionalidade na comunidade de compatriotas no Japão.


É uma qualidade que devem possuir os que vivem na pátria, mas mais ainda os compatriotas residentes no estrangeiro.


O primeiro critério para caracterizar uma nação é sua linhagem e o segundo é a linguagem.


Para os compatriotas que vivem em uma terra estrangeira longe de sua pátria, a verdadeira característica do patriotismo encontra expressão na salvaguarda da linhagem nacional e o momento em que se fala a língua materna é o momento em que se vive patrioticamente.


Tendo em mente que a preferência por falar e escrever em coreano, uma ponte que liga os compatriotas, constitui o ponto de partida na manutenção da nacionalidade e o primeiro passo do patriotismo, os funcionários da Chongryon se esforçarão para que nossa bela e excelente língua ressoe em todas as partes da sociedade de compatriotas, incluindo suas organizações, entidades, órgãos, escolas e famílias.


Prestarão profunda atenção à continuidade invariável das excelentes tradições, cultura e costumes da nação.


As editoras e outros órgãos de difusão da Chongryon não pouparão tempo e páginas em divulgar a longa história, os brilhantes patrimônios culturais, a homogeneidade e os belos e nobres costumes da nação coreana.


A Chongryon orientará as novas gerações a herdar com pureza o forte temperamento de unidade e pioneirismo da nação coreana, seu ódio à injustiça e também seus belos e excelentes costumes de respeitar os mais velhos, viver em harmonia com os vizinhos e amar os pais, cônjuges e filhos.


Promoverão entre as famílias de compatriotas a elaboração de pratos nacionais em festas tradicionais, ensinarão nas escolas coreanas os métodos de confeccionar os trajes coreanos e preparar os pratos nacionais como kimchi e ativarão o funcionamento de círculos de música e dança folclóricas.


Conduzirá os compatriotas a amar e vestir com preferência os trajes tradicionais.

Chima e jogori (a tradicional vestimenta feminina coreana) são símbolos que identificam os membros da nação coreana, embora não levem a bandeira nacional.

Será uma das boas características e práticas na comunidade coreana que as mulheres e estudantes de nossas escolas usem chima e jogori.


A Chongryon fomentará mais a manutenção da nacionalidade como um movimento de toda sua organização e de todos os compatriotas para que estes gozem do respeito como integrantes da nação que não se naturalizam jamais por mais que residam em terras estrangeiras de geração em geração.


A quarta tarefa da Chongryon é fazer contribuições especiais para a reunificação independente e a construção socialista da pátria de acordo com a época da primazia do nosso Estado.


Falamos de uma época de autoestima e prosperidade em que nossa República tem uma elevadíssima dignidade e posição por superar corajosamente todos os desafios da história.


As organizações da Chongryon a todas as instâncias e os compatriotas no Japão sentirão no fundo do coração o orgulho e a honra cidadãos de viver tal época e se mobilizarão no trabalho patriótico pela reunificação nacional e o desenvolvimento integral da pátria.


A reintegração da pátria é a suprema tarefa nacional que não pode ser adiada por mais tempo e uma tarefa patriótica de primeiríssima importância que enfrentam a Chongryon e os coreanos no Japão.


Para a Chongryon o trabalho da reunificação nacional é, em essência, uma sagrada luta para defender e materializar a linha de uma Coreia apresentada e mantida pelos grandes camaradas Kim Il Sung e Kim Jong Il.


A Chongryon e os coreanos no Japão apoiarão ativamente a linha e a orientação de nosso Partido e do Governo da República sobre a reunificação nacional e as divulgarão amplamente a todo o mundo.


A Chongryon engrossará as fileiras de patriotas desejosos da reunificação mediante intensos trabalhos de aliança com compatriotas que estão fora de sua organização, incluindo os da "Mindan" (Associação de Cidadãos Sul-Coreanos no Japão), e alcançarão a concordância de ação e luta sob a bandeira da grande unidade nacional


Ao estreitar os laços com outras organizações de compatriotas no exterior, desempenhará imaculadamente seu papel de eixo central no exterior para a formação da frente unida de toda a nação.


Apoiará ativamente os sul-coreanos em sua justa luta pela independência, a democracia e a reunificação nacional e será consequente na denúncia e rejeição das maquinações divisionistas dos Estados Unidos e dos belicistas sul-coreanos.


Agora, nossa pátria entrou no estágio de desenvolvimento integral da construção socialista.


É a orgulhosa realidade do país socialista que se transforma dia a dia e mês a mês, disputando contra o tempo.


A Chongryon e os coreanos no Japão defenderão firmemente a pátria socialista e farão contribuições substanciais para a construção de um Estado civilizado e poderoso.

Embora vivam em terras estrangeiras, sempre levarão a pátria no fundo do coração e serão seus simpatizantes incondicionais e defensores firmes.


Durante o período prolongado desde o início da construção da nação até hoje, nosso povo tem sido a pedras angular e o esteio na construção de nossa República. Entre as imagens desse povo indomável estão também as dos compatriotas do Japão.


Devem contribuir de forma excepcional para a edificação da potência socialista, mantendo sua orgulhosa tradição de contribuições para o desenvolvimento e a prosperidade da Pátria.


A Chongryon realizará com iniciativa as atividades diplomáticas destinadas a criar circunstâncias internacionais favoráveis para a causa revolucionária do Juche e sua própria obra patriótica.


Atualmente, seu principal dever em tais atividades é assegurar a calma e a estabilidade em seu seio e na comunidade de compatriotas ao incrementar continuamente o número de partidários e simpatizantes em diferentes países como o Japão sob o ideal da independência, da paz e da amizade.


Será flexível no trabalho com distintas personalidades japonesas e meticulosa no trabalho com as forças democráticas e as organizações solidárias com a reunificação coreana para, assim, seguir engrossando as fileiras dos amigos de nossa República e da Chongryon.


As organizações e entidades de diferentes níveis também prestarão devida atenção ao trabalho diplomático em suas respectivas regiões, para que as entidades autônomas locais apoiem e colaborem ativamente nos esforços da Chongryon para defender os interesses e os direitos democráticos e nacionais dos coreanos no Japão.


A Chongryon trabalhará de forma minuciosa com as representações estrangeiras no Japão e, ao mesmo tempo, participará ativamente em fóruns internacionais com o objetivo de defender firmemente os interesses de nossa República e amplificar as vozes de apoio e aprovação das atividades da Associação e dos coreanos no Japão em favor da pátria e da nação.


Para cumprir com êxito a tarefa importante da luta por abrir uma nova era de prosperidade, deve-se se reforçar organizativa e ideologicamente conforme as mudanças da situação e a demanda da época.


Em primeiro lugar, deve-se apegar estritamente à teoria ideológica do Juche e dar atenção primordial à educação ideológica destinada a dobrar a força motriz que leva adiante o movimento dos coreanos no Japão.


O único atalho para uma nova era de prosperidade da Chongryon é mover os corações dos compatriotas como um e mobilizar sua força espiritual ao máximo.


A educação na grandeza dos Líderes, no patriotismo, na excelência da nação coreana, na história e nas tradições do movimento dos coreanos no Japão e na convicção revolucionária é o conteúdo principal do trabalho ideológico da Chongryon.


A esta incumbe intensificar a educação na grandeza dos Líderes entre as novas gerações e outros compatriotas, de modo que mesmo em terras estrangeiras longe da pátria continuem vigentes século após século suas imperecíveis ideias e a história de seu generoso amor.


Deverá realizar eficientemente a educação ideológica sem menosprezar nem um detalhe de seu conteúdo, assim como educar tanto na grandeza dos Líderes quanto no patriotismo e na convicção revolucionária, não somente na excelência da nação coreana, mas também na história e nas tradições do movimento dos coreanos no Japão.


É particularmente importante realizar substancialmente a educação no patriotismo em sua íntima relação com a primazia de nosso Estado.


Devem fazer uma tradição içar a bandeira nacional em suas organizações e órgãos de todos os níveis conforme a situação por ocasião das máximas festas nacionais e das datas comemorativas como as da fundação da República e da constituição da Chongryon.


Também nos centros docentes de todos os níveis intensificarão a educação nos símbolos do Estado e, por outro lado, induzirão os estudantes a entoar o hino nacional e içar a bandeira nacional com suas próprias mãos durante cerimônias como as de matrícula e graduação, de modo que seus sonhos preciosos estejam sempre ligados à pátria socialista.


No trabalho propagandístico e cultural realizado pela Chongryon no Japão capitalista não pode haver fórmulas nem receitas universais.


À Chongryon compete erradicar cabalmente o formalismo no trabalho ideológico e estudar e aplicar incessantemente os métodos educativos que contem com o respaldo e a simpatia dos compatriotas.


Há que aumentar constantemente a permeabilidade e a atração das publicações e outros materiais propagandísticos.


A Editora do Jornal Joseon Sinbo e a Agência de Notícias da Coreia colocarão o quanto antes um maior número de cidadãos a par das notícias da pátria e dos compatriotas através do jornal e da internet e procurarão difundir sem interrupção a nossa cultura.


É necessário elevar mais a função e o papel de entidades propagandísticas e culturais e de grupos artísticos como a União de Escritores e Artistas Coreanos no Japão e o Conjunto Operístico Kumgangsan e realizar dinamicamente as funções de conjuntos musicais e coreográficos locais e as atividades de diversos círculos artísticos e literários, de modo que a comunidade de compatriotas se anime com nossas canções, ritmos e danças.


Outra tarefa importante é fortalecer a direção da Chongryon e suas organizações, órgãos e entidades econômicas a todas as instâncias como baluarte da unidade monolítica, como sólido bastião de amor ao país e à nação.


Isto significa transformá-los em uma fortificação inexpugnável que defenda resolutamente a pátria socialista e protege fidedignamente a vida e a felicidade dos compatriotas de todos os ataques e calúnias do exterior.


Há que potenciar por todos os meios a capacidade de comando do Presidium Central da Chongryon, estado-maior do movimento dos coreanos no Japão.


Tomando como primeira linha de vida o estabelecimento do sistema de ideologia e liderança jucheanos, a direção da Chongryon deve organizar e realizar impecavelmente todos seus trabalhos e atividades segundo os legados do grande Líder e do grande Dirigente.


Intensificará a direção política sobre as organizações, órgãos e entidades econômicas em todos os níveis, alcançará a unidade monolítica de suas fileiras prestando atenção especial ao trabalho interno da organização e tratará que continue com firmeza a linhagem dos mais seletos.


Suas sedes de nível provincial devem aumentar constantemente suas próprias habilidades de organização, controle e execução.


Estas são unidades regionais de direção do movimento dos coreanos no Japão e de assistência ao centro da Chongryon.


Devem implantar um sistema mais ordenado de trabalho com as instâncias inferiores e dirigi-las e ajudá-las de forma cotidiana, de maneira que as resoluções e indicações do centro obtenham promissores resultados.


Trabalharão com um propósito bem definido para diminuir as diferenças regionais das sedes e, desta, maneira projetarão uma nova imagem das sedes de médio e pequeno portes em que estas se levantam e dão um grande impulso.


É preciso seguir mantendo firmemente a ideia de apreço às filiais e sucursais e converter todas as instâncias inferiores em organizações vivas que irradiam por seu patriotismo.


Há que preparar as filiais como unidades de profundo enraizamento nos compatriotas de todos os estratos e que se movem pela iniciativa dos compatriotas mais ativos.


As filiais devem fomentar a admissão de quadros não-profissionais para elevar sua capacitação e realizar de contínuo o movimento de emulação para poder cumprir sua missão como unidades que executam realmente as resoluções do Congresso Integral.


Somente ao revigorar a sucursal, unidade principal de vida dos compatriotas e organização de base, fortalece-se toda a organização e marcham bem todos os trabalhos da comunidade dos compatriotas.


A meta mais ideal na construção das sucursais é fazer delas grupos onde todos estão unidos com a grande verdade e em que se sente o afeto caloroso.


À Chongryon incumbe conceder ao Congresso de Representantes de Sucursais a mesma importância que ao Congresso Integral e aprofundar o trabalho para elevar a consciência política de seus quadros até converter todas elas em agrupamentos saudáveis e pujantes.


Todas as sucursais cumprirão invariavelmente as quatro tarefas para seu fortalecimento e impulsionarão com constância o movimento de amor ao país e à nação, para que em todos os lugares onde vivem os compatriotas prevaleçam o fervor da harmonia, da unidade e do amor ao país e à nação.


Além disso, é necessário fortalecer ainda mais a capacidade de combate das agrupações de massas por setores na Chongryon.


À margem da sinceridade e do fervoroso patriotismo dos comerciantes e industriais, dos jovens da nova geração e das mulheres que, embora no Japão capitalista carreguem o grande peso da economia doméstica e da sobrevivência, consagram sem reservas tudo de si em benefício da pátria e da nação, não se pode imaginar a prosperidade da Chongryon e da comunidade de compatriotas.


As agrupações de massas da Chongryon estarão sempre a par da sua missão como educadoras ideológicas, orientarão todos os seus membros a herdarem com segurança o nobre espírito das velhas gerações e, ao mesmo tempo, multiplicarão as suas fileiras com o enérgico impulso do movimento de massas que reflita a aspiração e as exigências dos compatriotas.


Os comerciantes e industriais compatriotas são as massas invariavelmente fundamentais da Chongryon e a força principal do movimento dos coreanos no Japão.


As entidades econômicas como a associação de comerciantes e industriais tomarão medidas pertinentes para proteger e ativar seus negócios, captarão de maneira sensível a virada e a tendência da economia mundial, elevarão o nível de especialização, assim como ajudarão suas atividades comerciais para que saquem lucros reais.

Fundada pelo grande Dirigente, a Associação de Jovens Comerciantes e Industriais Coreanos é a reserva da força principal do movimento de coreanos no Japão que agrupam jovens comerciantes e industriais e a geração dos pais de alunos.


A associação tomará como tópico principal e tema eterno de seu movimento as palavras de ordem “Para uma comunidade afluente de compatriotas” e “Para o futuro dos botões de flores”, as mesmas que ergueu no início de sua fundação.


Em todo momento terão bem presente que nos rostos risonhos e alegres dos alunos que se dirigem às escolas coreanas vestindo novos uniformes se reflete o futuro da Chongryon e continuarão orientando a ajuda da educação nacional.


No avanço honroso rumo à nova era de prosperidade da Chongryon os jovens compatriotas devem necessariamente segurar a bandeira de vanguarda e brigada de choque.


A União de Jovens Coreanos no Japão revigorará diversos movimentos massivos em atenção às características psicológicas dos jovens, dando prioridade a que possuam maior independência e autonomia, de maneira que a comunidade de compatriotas se anime com a juventude e a presença das novas gerações.


A União de Estudantes Coreanos no Japão trabalhará tenazmente com tais estudantes e os conduzirá para que levem o espírito da Coreia e a alma da nação.


A União de Mulheres Democráticas Coreanas no Japão é o maior das agrupações de massas da Chongryon que representa os direitos e interesses de todas as mulheres compatriotas residentes no Japão.


Estas são as primeiras professoras que infundem o amor à pátria e a dignidade nacional nos pequenos compatriotas, assim como as jardineiras que velam por seus belos sonhos e se esmeram como ninguém no cultivo do jardim da educação nacional.


Às suas organizações a todos os níveis incumbe organizar e desenvolver o conjunto das atividades de amor ao país e à nação, colocando no seu centro as escolas coreanas e desempenhar um papel importante na tarefa de fazer da comunidade de compatriotas uma grande família harmoniosa e com marcada nacionalidade.


A União de Mulheres deve promover suas jovens integrantes forjadas na prática do trabalho patriótico para que empurrem uma das duas rodas do movimento dos coreanos no Japão.


Em seguida, é produzir mudanças radicais nos métodos e estilos de trabalho dos funcionários da Chongryon, dirigentes do movimento dos coreanos no Japão.


Estes são políticos profissionais que empreenderam o caminho do patriotismo como encarregados voluntários do destino dos compatriotas, assim como camaradas revolucionários no exterior que nossa pátria valoriza e enaltece mais do que qualquer outra pessoa.


Nossa pátria confia totalmente a eles a dignidade e o destino dos coreanos no Japão e espera que todos eles, com disposição e entusiasmo excepcionais, cumpram a missão e o dever que lhes foram atribuídos pela pátria e pela nação.


Todos os funcionários da Chongryon estabelecerão um correto conceito de massas e trabalharão com rigor com os patriotas de todos os setores e camadas.

Considerarão as massas de compatriotas como seres mais valiosos e poderosos, as considerarão como céu, adentrarão sempre no meio delas e trabalharão confiando em suas forças e apoiando-se nelas.


Sempre entre os compatriotas, buscarão com eles a maneira de resolver os problemas, da mesma maneira com que consultam com outros familiares os afazeres domésticos, e se acostumarão a resolvê-los todos mobilizando sua força espiritual.


Devem ler os mais profundos pensamentos dos compatriotas de sua jurisdição e recorrer a todos os métodos de trabalho apropriados a eles para, assim, trabalhar com originalidade com as massas.


Devem respeitá-los infinitamente, olhar para si mesmos tomando-os como espelho e jamais abandonar seus propósitos iniciais.


Serão servidores sinceros e laboriosos que se entregam por inteiro à sua felicidade e tranquilidade, erguendo a palavra de ordem “Sirvamos com total entrega aos compatriotas!”.


O fervoroso amor e abnegação dos funcionários aos compatriotas e o caloroso afeto entre ambos dão força à Chongryon.


Por maiores que sejam as demandas dos compatriotas, não devem tratar nenhuma delas com desanimo e caminhar o quanto for necessário para satisfazê-las no mais alto nível, ainda que se desgaste a sola de seus sapatos.


Serão filhos leais dos compatriotas solitários, irmãos íntimos dos que atravessam dificuldades, brisas frescas para os que sentem o calor e fogueiras para os que sentem o frio.


Devem atender mais os que sofrem dificuldades, se aproximarão mais dos com dificuldades na vida e mágoas no coração e resolver os problemas em sua vida econômica e espiritual e, com sua grande personalidade e generosidade, conduzir a todos pelo caminho de amor à pátria.


Guardando no fundo do coração a encarecida recomendação da pátria de realizar todos os sonhos dos compatriotas, avançarão mais vigorosamente rumo à nova vitória do movimento dos coreanos no Japão, com o sincero amor e o espírito de serviço abnegado a eles.


Apreciar a Chongryon e os compatriotas no exterior é a perpétua política da nossa República.


O Partido e o Governo de nossa República apreciarão e defenderão por todos os meios a Chongryon, legado do grande Líder e do grande Dirigente, e com seu afeto especial farão ressoar eternamente a canção “É caloroso o amor da pátria”, junto com a história do movimento jucheano de compatriotas no exterior.


Firmemente convencido de que todos os participantes do Congresso avançarão com ânimo redobrado em prol de nossos inestimáveis compatriotas e de nossas queridas jovens gerações, segundo o grande projeto de prosperidade da Chongryon, desejo que o ⅩⅩⅤ Congresso Integral da Associação Geral de Coreanos no Japão seja um marco de grandes mudanças para o cume mais alto na nova ascensão do movimento dos coreanos no Japão.


Tradução: KFA - Brasil - Associação de Amizade com a Coreia